Potiguares apresentam soluções para indústria petrolífera

20 de Setembro de 2012

Das 15 empresas do Rio Grande do Norte que estarão presentes na Rio Oil & Gas, dez vão expor produtos e serviços desenvolvidos para auxiliar a exploração de petróleo.


Produtos que otimizam diretamente os processos de exploração e produção de petróleo, por meio do uso de tecnologias simples. Essa é a aposta das empresas potiguares que vão participar da Rio Oil & Gas, que começa nesta segunda-feira (17), no Rio de Janeiro. O evento é considerado o maior da América Latina e atrai organizações mundiais da cadeia produtiva do petróleo, gás natural e energia. A comitiva do Rio Grande do Norte será formada por 15 empresas, das quais dez apresentam produtos e serviços na feira.

O Grupo Editel Brasil de Automação aposta em quatro produtos para atrair a atenção de compradores da Rio Oil & Gas. O empresário Edmilson Florêncio da Costa acredita que, por serem voltados para o controle e monitoramento dos processos na indústria petroquímica, o Geolograf Eletrônico de Produção, o SSP, SMA e o CSD significam opções de bons negócios para a empresa. Todos os softwares dos produtos são desenvolvidos nos idiomas português, inglês, e espanhol. “Estou muito otimista com a ida à Rio Oil & Gás. Evoluímos na fabricação dos produtos, e estamos apostando em bons negócios. Para atrair ainda mais, desenvolvemos os produtos nos principais idiomas, o que pode favorecer as negociações”, prevê.

Já o empresário José Nilo, da Engepetrol, apresentará um produto denominado “Compensa”, que atua na prevenção de vazamentos e prolongamento da vida útil das gaxetas – sistema de selagem contra poluição no poço de petróleo. “Apostamos na possibilidade de resultados positivos e consolidação de negócios. Apesar de simples, apresentamos inovação que agrega, num só produto, prolongamento da vida útil das gaxetas e redução de gastos. Isto significa muito para o setor”, detalha.

A comitiva potiguar embarca neste domingo (16) para o Rio de Janeiro, onde fica até o dia 22, quando termina o evento. Apoiada pelo Sebrae no Rio Grande do Norte, a comitiva é composta pelas empresas MM Parafusos, FI Cunha, Engepetrol, Mafram, Editel, ALC, Conpet, Geopetro, Vipetro, Tecnopetro, Classiguia, Conel, Centec, Sertel e Brindes Maxwell, todas integrantes da Redepetro-RN. Também participam da Rio Oil & Gas representantes do Sebrae e do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN).

Parte dessas poderão participar da Rodada de Negócios, idealizada pela Organização Nacional da Indústria do Petróleo (ONIP) e prevista para ocorrer nos segundo e terceiro dias do evento. De acordo com o gestor do projeto da Cadeia Produtiva de Energia, Petróleo e Gás Natural no Sebrae-RN, Edilton Cavalcante, a seleção das empresas está sendo feita pela ONIP e só será divulgada a relação das participantes durante a feira.

Missão Empresarial

Além das empresas expositoras, outras dez vão participar de missão empresarial. Os empresários potiguares receberam um convite do consulado britânico no Rio de Janeiro para visitarem o estande do Reino Unido, com intuito de fomentar negócios. A proposta é também visitar o estande da embaixada da França. Pela agenda, os empresários norte-rio-grandenses conhecerão a experiência da Redepetro da Bacia de Campos, durante o coquetel de lançamento do catálogo digital de fornecedores.
Outro compromisso da comitiva será a reunião, no dia 17, de APL/Poles Competitivite, idealizada pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan). O encontro contará com a presença de representantes dos polos franceses naval e de Petróleo e Gás. O objetivo da reunião é promover a troca de informações entre os polos francês e brasileiro, com vistas a discutir possibilidades de cooperação cluster-cluster entre os dois países, de oferta de cursos de capacitação para engenheiros e técnicos, missões empresariais, cooperação técnica e perspectivas de parcerias.

Na programação, consta ainda uma visita técnica de caráter científico/tecnológico ao Tanque Oceânico, a maior estrutura de simulação de ambiente marinho do mundo. O tanque comporta 23 milhões de metros cúbicos de água e simula ambientes marinhos com lâmina d'água superior a 2 mil metros. Nesse laboratório, são feitos os testes com os protótipos e modelos reduzidos de plataformas, navios tanque, dutos e outras grandes estruturas utilizadas para a produção e transporte de petróleo e gás em águas profundas e ultraprofundas. Uma oportunidade única para quem se interessa por alta tecnologia no setor de petróleo e gás. A comitiva potiguar viaja no próximo domingo (16).


Engepetrol desenvolve sistema despoluidor aquático autossustentável.

Engepetrol desenvolve sistema despoluidor aquático autossustentável.

Espaçador para Dinamômetro

Luvas de união

Disco nivelador

Válvula “PREVINE”

Lubrificador de haste polida;

Avenida Industrial Dehuel Vieira Diniz, 3695 - Distrito Industrial. - Bairro Santa Júlia
Mossoró/RN - CEP: 59623-310
Fone: +55 (84) 3316-1011 engepetrol@engepetrol.com.br
Copyright © 2012 Engepetrol. Todos os direitos reservados.